Otros

Soja sobe com acordo de comércio na América do Norte

O preço da soja na Bolsa de Cereais de Chicago registrou na segunda-feira (1º.10) ganhos de 12,25 pontos no contrato de Novembro/18, fechando em US$ 8,5775 por bushel. Os demais vencimentos em destaque da commodity na CBOT também fecharam a sessão com valorizações entre 11,50 e 12,25 pontos.

O mercado norte-americano da soja abriu a semana com ganhos nos principais contratos futuros. O enfraquecimento do dólar ante o real, que desestimula as exportações brasileiras da commodity, também deu suporte às cotações: “O Brasil é o principal concorrente dos EUA no mercado de exportação de soja”, aponta o analista da T&F Consultoria Agroeconômica, Luiz Fernando Pacheco.

A Consultoria AgResource destaca que a confirmação de acordos comerciais talhados para o antigo bloco econômico NAFTA disparou um movimento positivo: “Agora, chamado de ‘O Acordo EUA-México-Canadá’ (USMCA : US-Mexico-Canada Agreement), prevê uma melhora nas relações de livre-mercado, principalmente para as commodities agrícolas com foco nos laticínios”.

“No Brasil, as exportações da soja seguem aquecidas, com os compromissos (vendas no papel) já atingindo um total de 74,65 MT (estimativa atual do USDA 74,78 MT) para entrega até o fim de janeiro de 2019. A ARC acredita que compromissos da oleaginosa brasileira continuarão sendo adicionados pela China, uma vez que a Guerra Comercial com os EUA não tem projeções positivas num horizonte de curto-prazo. Fundos especulativos atualizados trazem a redução de 11mil posições no lado da venda, para 58mil totais líquidos”, concluem os analistas da ARC.

Comentarios

Más popular

Arriba