Otros

Dólar cai para R$ 4,07 influenciado por pesquisa eleitoral

A moeda norte-americana está cotada a R$ 4,0787 para venda, mantendo a tendência registrada nesta terça-feira, 26, quando encerrou em baixa de 0,12%

A cotação do dólar abriu o pregão desta quarta-feira, dia 26, em baixa de 0,11% após exibir forte volatilidade no início dos negócios, reagindo à divulgação de números da Paraná Pesquisas, em que o candidato do PSL, Jair Bolsonaro, avançou 4,6 pontos, a 31,2%. Durante a manhã a moeda norte-americana caía 0,46%, cotada a R$ 4,0650 para venda, tendo oscilado entre mínima de R$ 4,0620 e máxima de R$ 4,095.

Bolsonaro apareceu com 31,2% das intenções de voto dos eleitores, enquanto Fernando Haddad, tem com 20,2%. Em seguida, estão os candidatos do PDT, Ciro Gomes (10,1%), do PSDB, Geraldo Alckmin (7,6%), e da Rede, Marina Silva (4,3%). No segundo turno, Bolsonaro ganharia com 44,3% contra Haddad (39,4%), enquanto perderia para Ciro Gomes pelo placar 41,6% a 43,2%.

A moeda norte-americana está cotada a R$ 4,0787 para venda, mantendo a tendência registrada nesta terça-feira, 26, quando encerrou em baixa de 0,12%

Bolsonaro apareceu com 31,2% das intenções de voto dos eleitores, enquanto Fernando Haddad, tem com 20,2%. Em seguida, estão os candidatos do PDT, Ciro Gomes (10,1%), do PSDB, Geraldo Alckmin (7,6%), e da Rede, Marina Silva (4,3%). No segundo turno, Bolsonaro ganharia com 44,3% contra Haddad (39,4%), enquanto perderia para Ciro Gomes pelo placar 41,6% a 43,2%.

O mercado aguarda ainda a quarta elevação da taxa na reunião do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc), em que a chancela poderá ser dada nas projeções da autoridade monetária para juros, inflação, desemprego e Produto Interno Bruto (PIB).

Comentarios

Más popular

Arriba