Conectate con nosotros

Notas

Hotel de Canela anuncia encerramento das atividades após 42 anos de portas abertas

Publicado

en

O estabelecimento doará para a Prefeitura e o Hospital de Canela todo seu enxoval

Estrelas do cinema, astros da música, intelectuais, políticos brasileiros e estrangeiros. Badalados eventos de música, conferências internacionais, shows, feijoadas estreladas, boates memoráveis, eventos esportivos.

Pelos longos corredores e nas belas dependências do Hotel Laje de Pedra, em Canela, circularam muitas personalidades e foram realizados centenas de eventos.

Essa história está chegando ao final. Pelo menos essa etapa.

Nesta quinta-feira (7), a diretora do Laje de Pedra comunicou o encerramento das atividades. O comunicado ocorreu durante videoconferência realizada com o vice-prefeito, Gilberto Cezar, e o secretário de Obras, Luiz Cláudio da Silva.

“Este é um momento muito triste que estamos vivendo, de crise na saúde, na economia, social e na política no Brasil todo. O Laje de Pedra fez parte da vida de muitos canelenses e da própria história da cidade de Canela. Já sabíamos que o hotel estava enfrentando dificuldades antes mesmo da pandemia e que se tornou insustentável agora. Esperamos que isso não aconteça com outros hotéis e empresas em nossa cidade, pois este momento é muito sério, delicado e crítico pra todos nós. Precisamos nos unir pra sair dessa crise o quanto antes”, destacou Gilberto Cezar.
Publicidade

DOAÇÕES

Durante a manifestação, os diretores informaram que os 60 colaboradores foram avisados da decisão e serão desligados recebendo todos os direitos adquiridos. Da mesma forma, eles terão os planos de saúde mantidos por mais seis meses.

Num último gesto de solidariedade, o hotel doará para a Prefeitura e o Hospital de Canela todo o enxoval, que compreende lençóis, fronhas de travesseiros, edredons e e cobertores. São centenas de itens.Publicidade

Além da espaçosa estrutura, o Laje ficou conhecido por estar num espaço privilegiado, com uma vista exuberante, amplos jardins e com um parque esportivo e de lazer atraente.

No Laje de Pedra, por exemplo, ocorreram várias edições da Festa Nacional da Música, eventos em paralelo ao Festival de Cinema de Gramado, entre outras badalações.

Em fevereiro de 1992 o Laje de Pedra entrou para a história como palco da assinatura do Tratado do Mercosul, recebendo quatro presidentes dos países membros: Fernando Collor de Melo (Brasil), Carlos Menem (Argentina), André Rodriguez (Paraguai), Alberto Lacalle (Uruguai) e o ministro de Relações Exteriores Chileno, Enrique Silva Cimma.

Sigue leyendo
Anuncio

Tendencias