Narcotráfico

Policia divulga balanço parcial da operação Fronteira Alerta

Fotos: Divulgação (DOF)

Policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) que atuam na Operação Fronteira Alerta apreenderam na tarde de sexta-feira (28), por volta das 18h, duas toneladas, seiscentos e sessenta quilos de uma substância orgânica aparentando ser maconha, escondidos em uma oficina mecânica e residência no município de Paranhos.

Durante o patrulhamento para fiscalização na cidade, os policiais tentaram abordar dois homens que estavam em frente a uma oficina mecânica. Ao perceberem a aproximação policial, correram para o estabelecimento e fugiram, juntamente com mais dois homens, para um matagal que dá acesso à fronteira com o Paraguai e não foram localizados.

No local, os policiais encontraram vários veículos com placas de outros estados brasileiros. Após a checagem dos agregados (numeração de chassi e motor) os policiais localizaram os registros da Land Rover Discovery branca roubada em São José do Rio Preto (SP); da Volkswagen Amarok High furtada em Umuarama e Curitiba (PR); do Chevrolet Onix roubado em Curitiba (PR); e da Mitsubishi L200 furtada em Cascavel (PR).

Dois veículos, uma Toyota Hylux e um Fiat Linea, ambos com sinais de identificação adulterados, estavam carregados com entorpecente. Os policiais também encontraram na residência, no mesmo terreno da oficina, vários fardos do entorpecente escondidos, armas de fogo, munições de calibres .12, .380 e .556, colete balístico e rádios de comunicação.

Entre os materiais apreendidos estão: uma escopeta calibre 12; uma espingarda de pressão calibre 5.5; oito munições de calibre 12; sete munições de calibre 9mm; uma munição de calibre 7.62; um colete balístico; cinco rádios transceptores de mão; cinco rádios transceptores de mesa; dez aparelhos de celulares; e, 145 fardos de entorpecente totalizando 2.660 Kg além dos quatro veículos recuperados, os dois apreendidos carregados com o entorpecente e uma motocicleta. Um caminhão, com sinais de identificação adulterados, será deslocado até a base do DOF para averiguações.

A ocorrência foi registrada e entregue na Delegacia de Repressão aos Crimes de Fronteira (Defron), para os procedimentos legais.

Envie seu Comentário

Comentarios

Más popular

Hasta arriba