Narcotráfico

Exército e órgãos de segurança colocam 700 homens para combater crimes na fronteira de MS

O Exército Brasileiro, juntamente com a Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal, iniciou nesta quinta feira, dia 20 a Operação Fronteira Segura, em toda a faixa sudoeste de Mato Grosso do Sul. A previsão inicial é que a operação tenha duração de 10 a 15 dias, com a atuação de mais de mais de 700 homens dos organismos de segurança.

Na ação será empregado também helicópteros, viaturas, barcos e armamento pesado.

Atuando com cerca de 480 militares e 150 viaturas empregadas, O Exército estará operando e utilizando os meios e equipamentos do Sistema de Monitoramento de Fronteiras (Sisfron).

A Ação conta também com o apoio da Força Nacional e foca o combate ao crime organizado que ganha força pela entrada de drogas e armas através da fronteira com o Paraguai.

A Operação Fronteira Segura é uma ação conjunta e integrada com a PF e PRF para combater, principalmente, o tráfico de drogas e armas e o contrabando de cigarros.

A intenção é fazer com que a Operação Fronteira Segura sirva de modelo para outras ações de maior porte que devem ser realizadas no restante de Mato Grosso do Sul e também em outros estados do País.

A atuação é fruto de uma ação cooperativa, sistêmica e harmônica entre todos os órgãos de Segurança Pública e outros que participam do combate à criminalidade, tanto no plano ostensivo quanto no trabalho investigativo.

dourados news

Comentarios

Más popular

Arriba