Conectate con nosotros

Narcotráfico

Após execução, fronteira entra em alerta para “guerra sangrenta” por domínio do tráfico

Publicado

en

saltodelguairaaldia.com Portal de Noticias de Salto del Guairá

Autoridades policiais do Paraguai e do Brasil estão em alerta na fronteira entre os países, principalmente na região de Ponta Porã e Pedro Juan Caballero. 

Segundo o Jornal ABC Color, após a morte de Chico Chimenes, tio de Jarvis Pavão, não é descartada a possibilidade de retaliação por vingança da parte do grupo do narcotraficante. 

A preocupação se dá pelo fato da estrutura de Jarvis na fronteira estar sendo praticamente desarticulada. As autoridades do Paraguai avaliam que com o assassinato de Chico Chimenes essa derrocada ainda esteja mais evidente. 

A reportagem do jornal paraguaio destaca que, segundo a polícia paraguaia e brasileira, a organização liderada pelo fugitivo Sérgio de Arruda Quintiliano Netto, também conhecido como Minotauro, estaria se consolidando como o novo patrono da fronteira paraguaio-brasileira.

Caso ocorra tentativa de vingar a morte de Chico Chimenes, confrontos sangrentos podem marcar o início do ano na fronteira. Esses grupos buscam o domínio do monopólio do tráfico de drogas, armas e munições na região.

Sigue leyendo
Anuncio

Tendencias