Conectate con nosotros

Internacionales

Garrafa de vinho envelhecido no espaço é colocada à venda por cerca de US$ 1 milhão

Publicado

en

Exemplar será o único a ser vendido dentre as 12 garrafas que passaram 14 meses a bordo da Estação Espacial Internacional. Garrafa da mesma safra envelhecida na Terra custa cerca de US$ 6 mil.

Por G1 

Uma garrafa de vinho Bordeaux que passou 14 meses fora da Terra será colocada à venda por cerca de US$ 1 milhão. O preço estratosférico é justificado pela raridade do rótulo, que teve envelhecimento espacial.

O Château Pétrus 2000 foi parte de uma experiência realizada pela start-up Space Cargo Unlimited para ver como as condições no espaço afetam o vinho. Ao todo, 12 garrafas foram enviadas para a Estação Espacial Internacional (ISS) e somente uma delas será vendida.

Château Pétrus é a vinícola mais famosa de Pomerol, uma região de Bordeaux, na França, conhecida por sua produção de Merlot. Uma garrafa normal da mesma safra das 12 garrafas enviadas ao espaço custa cerca de US $ 6 mil.

A venda do exemplar espacial está a cargo da casa de leilões francesa Christie’s, que divulgou comunicado à imprensa nesta terça-feira (4) adiantando detalhes da oferta.

Exemplar será o único colocado à venda dentre 12 que participaram do experimento na estação espacial — Foto: Divulgação/Christie’s
Exemplar será o único colocado à venda dentre 12 que participaram do experimento na estação espacial — Foto: Divulgação/Christie’s

A garrafa única de Pétrus envelhecido no espaço será entregue ao comprador dentro de um baú exclusivo, feito à mão pela Maison d’Arts Les Ateliers Victor, de Paris, inspirado nas obras de Julio Verne. Junto, vai outra garrafa de Pétrus 2000 com envelhecimento terrestre, um decantador, copos e um saca-rolhas feito de meteorito.

Segundo a Christie’s, o vinho está disponível para compra imediata por meio de vendas privadas. A casa de leilões destacou que o dinheiro da venda será aplicado em novas pesquisas espaciais.

“O produto da venda irá para o financiamento de futuras missões espaciais, oferecendo aos colecionadores a oportunidade de adquirir um pedaço de história vínica e espacial, ao mesmo tempo que contribuem para pesquisas em andamento”, enfatizou a Christie’s em seu comunicado.
As 12 garrafas foram enviadas para a estação espacial no dia 2 de novembro de 2019 e retornaram à Terra no dia 14 de janeiro. O objetivo do estudo foi identificar como as condições no espaço afetam o vinho.

Três garrafas foram abertas em março para uma degustação direcionada a 12 profissionais e cientistas do vinho. “Notáveis diferenças nos componentes de cor, aroma e sabor foram notadas, e os vinhos provados foram elogiados por sua complexidade e considerados ótimos vinhos”, enfatizou a Christie’s.

As outras oito garrafas serão guardadas para pesquisas futuras.

“Estamos entusiasmados com a parceria com a Christie’s e propor um artefato único de pesquisa espacial. Depois de passar quase 440 dias no Espaço, ou o equivalente a 300 viagens à lua, o lendário vinho de Bordéus Pétrus volta transformado de uma forma que está, literalmente, fora deste mundo”, disse Nicolas Gaume, cofundador e CEO da Space Cargo Unlimited.

Sigue leyendo
Anuncio

Tendencias