Conectate con nosotros

Fronteira

Como o Paraguai destrói toda a argumentação desarmamentista usada no Brasil

Publicado

en

Quando usamos EUA, Suíça e Finlândia como exemplos de países muito mais armados do que o Brasil, onde a legislação para posse e porte de armas é bastante liberal e a taxa de homicídio é muito menor do que a brasileira, a crítica recorrente é que não podemos comparar países desenvolvidos com o Brasil. Podemos sim! Essa comparação prova que o “fator arma” não é a variável responsável pelos crime. Mas, uma legislação menos restritiva em um país pobre e menos desenvolvido como o Brasil seria um problema ou não? O exemplo paraguaio pode nos responder isso.

Quando falamos em Paraguai, os brasileiros fazem quase sempre a imediata associação com à Ciudad Del Este, tráfico de drogas e armas, contrabando e falsificações. Essa é a imagem que foi criada e repassada para nós durante décadas. Outra associação quase imediata é o oba-oba no que diz respeito às armas. Um pais sem lei onde qualquer um compra armas e, não raramente, essas armas vão abastecer o mercado ilegal brasileiro… Será mesmo?

Comecemos falando de armas. A legislação paraguaia é realmente uma das menos restritivas da América do Sul, muito semelhante à brasileira antes do malfadado Estatuto do Desarmamento. Qualquer cidadão paraguaio para comprar uma arma, bastando apresentar cópia de identidade, certidão de antecedentes criminais (uma única, emitida pela Policia Nacional) e realizar um teste técnico de conhecimento básico. O trâmite demora em torno de 10 a 15 dias e não há qualquer discricionariedade envolvida. Não há limite de quantidade de armas. Não há restrição de calibres e, apresentando o registro da arma, o cidadão pode comprar quanta munição seu dinheiro permitir. A idade mínima é de 21 anos. O porte requer um laudo psicológico e o preenchimento de uma requisição. O cidadão pode ter o porte para duas armas, sendo ambas curtas ou uma curta e uma longa. Sim, você pode portar uma espingarda calibre 12 ou um fuzil em calibre .308. A anistia para armas irregulares é permanente e basta que o cidadão requeira o registro após o pagamento de uma pequena “multa”.

E a criminalidade? Bom, em 2002 o Paraguai enfrentou a sua mais alta taxa de homicídios: 24,63 homicídios por 100 mil habitantes. Hoje, o país tem a terceira menor taxa de homicídios (7,98) da América do Sul, perdendo apenas para o Chile (2,97) e o Uruguai (7,81). Lembrando que o Uruguai é o pais mais armado da América Latina.

Evolução do índice de homicídios no Paraguai armamentista
Essa taxa seria ainda menor se eles não fossem vizinhos do… Brasil! Sim, é na fronteira com o Brasil que as taxas de homicídios explodem e jogam para cima as taxas nacionais. Na faixa fronteiriça com o Brasil os números assustam. São 66 homicídios por 100 mil habitantes. Vizinho problema. E esse vizinho problema, com sua fracassada política desarmamentista, também causou estragos na liberdade à posse de armas naquele país. Foi graças às enormes pressões comerciais e políticas brasileiras, vidas pelas mãos do Ministério da Justiça, que o governo paraguaio acabou, em 2010, aceitando restringir a venda de armas “de assalto”. Hoje não é mais possível comprar legalmente armas como AR-15 ou AK-47, mesmo no diminuto calibre .22LR. Enquanto isso, contrabandistas internacionais continuam inundando nossos criminosos com esse tipo de armamento. De nada, amigos paraguaios!


Paraguai – Índice de homicídios por região
O Paraguai ainda possui uma das economias mais frágeis da América do Sul, com um IDH de 0,676, considerado médio e bem abaixo do Brasil. Mais de 30% da sua população está situada abaixo da linha da pobreza e sua taxa de desemprego é de quase 7%, o que enterra, mais uma vez, a ideia que o desenvolvimento humano e econômico é um fator decisivo para a redução da criminalidade. O vizinho Paraguai também vai vencendo o Brasil na economia, que melhora ano após ano desde 2010. Independente da evolução econômica, os homicídios estão em queda no Paraguai desde 2003.

Mas como o Paraguai conseguiu reduzir a criminalidade? Pode parecer difícil de acreditar para a maioria dos nossos políticos, mas foi combatendo… o crime! Integração das instituições policiais e judiciárias, investimentos nas polícias e, principalmente, a criação de uma força tarefa para fazer cumprir milhares de mandados de prisão. Enquanto isso, o Brasil segue brincando de segurança pública, impondo o desarmamento civil e assistindo milhares de assassinatos todos os anos. É 7 a 1 todo dia. E, se bobear, esse gol para o Brasil foi dado de lambuja pelo adversário.

Principal

Sigue leyendo
Comentarios

Fronteira

OPERATIVO MURALLA DEL BRASIL PONE EN JAQUE A COMERCIO EN SALTO DEL GUAIRÁ.

Publicado

en

El horno no esta para bollos, diría un popular dicho y se aplica perfectamente a la preocupante situación que pasa la capital de Canindeyú desde hace varios meses.
A la suba del dólar, la devaluación del real, la poca actividad comercial y el descontento generalizado, hay que sumarle el operativo Muralla que impone Brasil en sus fronteras a fin de «desalentar» actos e ilícitos de todo tipo, a ello sumó el decomiso de mercaderías varias que sus connacionales compran en nuestro país.

Según datos de la Receita Federal, decomisó productos electrónicos y otros, por valor de un poco más de 110.000 reales en el paso fronterizo de Mundo Novo, productos que iban de Paraguay.
Esto desalienta totalmente el interés de que brasileños ingresen al Paraguay para hacer sus compras en Salto del Guairá.

Preocupante panorama para el comercio fronterizo, ya que Salto sigue dependiendo exclusivamente de las ventas a turistas. Ante la incerticumbre de que lo comprado pueda ser decomisado por la Receita, los brasileños optan por no ingresar al país.

Fotos: César Galeano.
#SdG_Noticias

Sigue leyendo

Fronteira

Caminhonete cai em açude e condutor morre afogado

Publicado

en

Uma caminhonete Ford F1000, placas de São João foi encontrada caída em um açude em uma propriedade ao lado da estrada na comunidade de Nossa Senhora Aparecida, Assentamento Nova Fartura em Saudade do Iguaçu na manhã deste sábado (25).

Pessoas que passaram pelo local na manhã de hoje avistaram a caminhonete dentro do açude somente com as rodas para fora da água.

A Polícia Militar foi acionada e com a utilização de uma retroescavadeira o veículo foi retirado da água e encontrado o condutor Adilson dos Santos, 37 anos morto dentro da caminhonete.

A dona da propriedade onde ocorreu o acidente  informou que por volta das 22 horas de sexta-feira (24) ela e o esposo ouviram o momento em que o veículo passou na estrada em frente à residência e avistaram uma luz próximo do açude, mas por questão de segurança não saíram para verificar.

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Pato Branco.

Informações e fotos Rádio Chopinzinho. http://marechalnews.com.br

Sigue leyendo

Fronteira

CDE. CAE LIDER DE «TAURA»

Publicado

en

Varios allanamientos simultáneos se registraron en varios puntos de Ciudad del Este y Presidente Franco. En una de las viviendas hallaron al líder de una facción criminal y su pareja. Los trabajos se llevaron adelante en la noche del jueves.

El detenido criminal fue identificado como Anderson Ferreira Goularte, brasileño, con el alias baixinho o Hulk, líder de la Organización Criminal de Rio Grande do Sul «TAURA», quien posee cuatro órdenes de captura en su país, donde cuenta con condena pendiente de 20 años. En compañía del hombre se encontraba Renata Vieira de Oliveira.

Incautaron de los allanamientos: aparatos celulares de diferentes marcas y modelos, documentos, anotaciones y un automóvil de la marca Toyota, modelo AXIO, año 2007, color plata, chapa Nro. DAO 467 Py., chasis Nro. NZE1416023915, registrado a nombre de Viviana Cardozo Arguello.

Los procedimientos fueron encabezados por el Departamento de Investigaciones de la Policía Nacional y los fiscales Juan Ledesma, Julio Paredes, Analía Rodríguez y Denice Duarte.

La viviendas allanadas están ubicadas en el Km 11 Monday, Km 12 Acaray de Ciudad del Este, centro y barrio Caacupemi de Presidente Franco. OSCAR FLORENTIN

Sigue leyendo

Más popular