Conectate con nosotros

Fronteira

Agribrasil vê importação de 1 mi t de soja dos EUA pelo país no ano

Publicado

en

Agribrasil vê importação de 1 mi t de soja dos EUA pelo país no ano
Conta da Agribrasil para a exportação do país considera o total já embarcado.
O Brasil deverá exportar um recorde de cerca de 80 milhões de toneladas de soja em 2018, contando com uma forte demanda da China, mas também terá de realizar atípicas importações da oleaginosa dos Estados Unidos para atender suas próprias necessidades, avaliou nesta terça-feira a Agribrasil, empresa que atua na originação de grãos.

A conta da Agribrasil para a exportação do país considera o total já embarcado, a programação de navios e a expectativa de exportações entre outubro e dezembro.

Contudo, o Brasil teria de importar cerca de 1 milhão de toneladas de soja dos EUA, que não estão vendendo quase nada para a China desde que Pequim, em guerra comercial com Washington, implantou em julho uma tarifa de 25 por cento sobre a oleaginosa norte-americana.

Com uma safra recorde de soja sendo colhida nos Estados Unidos e o Brasil com estoques pequenos após exportações recordes, principalmente para a China, o mercado tem especulado já há algum tempo sobre compras brasileiras nos EUA.

“Soja americana virá em breve pro Brasil”, afirmou à Reuters o presidente da Agribrasil, Frederico Humberg, que atua no setor há quase 30 anos, tendo trabalhado anteriormente em várias multinacionais.

Ainda não há confirmação de negócios do Brasil com os EUA, os maiores produtores globais da oleaginosa. Anteriormente, a possibilidade de compras de soja norte-americana já havia sido comentada pela associação de exportadores do país, a Anec.

Compras de soja pelo Brasil ajudariam os EUA a lidar com seu excedente, em momento em que os norte-americanos já buscam vender mais para a Europa, como forma de escoar uma parte da produção antes comprada pela China.

As importações totais do Brasil somariam 1,25 milhão de toneladas, com parte vindo também do Paraguai, ante compras totais de 250 mil no ano passado.

Enquanto os prêmios pagos pelos chineses pela soja brasileira elevam as cotações no país e apertam as margens da indústria nacional, nos Estados Unidos os preços da oleaginosa estão oscilando perto de mínimas em dez anos, o que ajudaria na efetivação de importações pelo Brasil.

Humberg destacou que considerando as exportações do Brasil no ano até agosto (65,9 milhões de toneladas), mais cerca de 4 milhões já carregados em setembro e outros 3,6 milhões de toneladas previstos nos line-ups dos navios, o país já teria exportações garantidas de cerca de 73,5 milhões de toneladas.

“Estimo que podemos ter mais 6-7 milhões de toneladas de exportação nos meses de outubro, novembro e dezembro, e com isso chegaríamos ao recorde de 80 milhões de toneladas de exportação”, explicou.

Essa previsão de exportação do Brasil, maior exportador global do produto, supera a projeção da associação da indústria de soja (Abiove) divulgada no início de setembro, que apontou 76,1 milhões de toneladas, o que já representaria um crescimento de quase 12 por cento ante 2017.

O CEO da AgriBrasil, uma empresa relativamente nova no país, mas com planos de triplicar a originação de grãos este ano, para 500 mil toneladas, ainda estima uma revisão para baixo do processamento de soja pelo país, para 41,5 milhões de toneladas, enquanto a Abiove vê 43,6 milhões de toneladas, versus 41,8 milhões no ano passado.

O executivo ainda aposta em uma revisão para cima da safra brasileira, para 121 milhões de toneladas, versus aproximadamente 119 milhões vistos pela Abiove e governo.

Mesmo com uma safra recorde, os estoques brasileiros terminarão em mínimas históricas em meio às fortes exportações, com a China respondendo por cerca de 80 por cento dos embarques do Brasil.

Fonte: Agrolink

Sigue leyendo
Comentarios

Fronteira

OPERATIVO MURALLA DEL BRASIL PONE EN JAQUE A COMERCIO EN SALTO DEL GUAIRÁ.

Publicado

en

El horno no esta para bollos, diría un popular dicho y se aplica perfectamente a la preocupante situación que pasa la capital de Canindeyú desde hace varios meses.
A la suba del dólar, la devaluación del real, la poca actividad comercial y el descontento generalizado, hay que sumarle el operativo Muralla que impone Brasil en sus fronteras a fin de «desalentar» actos e ilícitos de todo tipo, a ello sumó el decomiso de mercaderías varias que sus connacionales compran en nuestro país.

Según datos de la Receita Federal, decomisó productos electrónicos y otros, por valor de un poco más de 110.000 reales en el paso fronterizo de Mundo Novo, productos que iban de Paraguay.
Esto desalienta totalmente el interés de que brasileños ingresen al Paraguay para hacer sus compras en Salto del Guairá.

Preocupante panorama para el comercio fronterizo, ya que Salto sigue dependiendo exclusivamente de las ventas a turistas. Ante la incerticumbre de que lo comprado pueda ser decomisado por la Receita, los brasileños optan por no ingresar al país.

Fotos: César Galeano.
#SdG_Noticias

Sigue leyendo

Fronteira

Caminhonete cai em açude e condutor morre afogado

Publicado

en

Uma caminhonete Ford F1000, placas de São João foi encontrada caída em um açude em uma propriedade ao lado da estrada na comunidade de Nossa Senhora Aparecida, Assentamento Nova Fartura em Saudade do Iguaçu na manhã deste sábado (25).

Pessoas que passaram pelo local na manhã de hoje avistaram a caminhonete dentro do açude somente com as rodas para fora da água.

A Polícia Militar foi acionada e com a utilização de uma retroescavadeira o veículo foi retirado da água e encontrado o condutor Adilson dos Santos, 37 anos morto dentro da caminhonete.

A dona da propriedade onde ocorreu o acidente  informou que por volta das 22 horas de sexta-feira (24) ela e o esposo ouviram o momento em que o veículo passou na estrada em frente à residência e avistaram uma luz próximo do açude, mas por questão de segurança não saíram para verificar.

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Pato Branco.

Informações e fotos Rádio Chopinzinho. http://marechalnews.com.br

Sigue leyendo

Fronteira

CDE. CAE LIDER DE «TAURA»

Publicado

en

Varios allanamientos simultáneos se registraron en varios puntos de Ciudad del Este y Presidente Franco. En una de las viviendas hallaron al líder de una facción criminal y su pareja. Los trabajos se llevaron adelante en la noche del jueves.

El detenido criminal fue identificado como Anderson Ferreira Goularte, brasileño, con el alias baixinho o Hulk, líder de la Organización Criminal de Rio Grande do Sul «TAURA», quien posee cuatro órdenes de captura en su país, donde cuenta con condena pendiente de 20 años. En compañía del hombre se encontraba Renata Vieira de Oliveira.

Incautaron de los allanamientos: aparatos celulares de diferentes marcas y modelos, documentos, anotaciones y un automóvil de la marca Toyota, modelo AXIO, año 2007, color plata, chapa Nro. DAO 467 Py., chasis Nro. NZE1416023915, registrado a nombre de Viviana Cardozo Arguello.

Los procedimientos fueron encabezados por el Departamento de Investigaciones de la Policía Nacional y los fiscales Juan Ledesma, Julio Paredes, Analía Rodríguez y Denice Duarte.

La viviendas allanadas están ubicadas en el Km 11 Monday, Km 12 Acaray de Ciudad del Este, centro y barrio Caacupemi de Presidente Franco. OSCAR FLORENTIN

Sigue leyendo

Más popular